Faça sua pesquisa AQUI!

Carregando...

terça-feira, 17 de novembro de 2009

FALSOS COGNATOS =)

Denominam-se falsos cognatos ou falsos amigos "palavras semelhantes em duas línguas, mas de sentidos totalmente diversos".[1]
Um bom tradutor, além de dominar o assunto do texto a ser traduzido, deve conhecer bem a língua do autor e, melhor ainda, a sua própria, o que, de modo geral, não se observa em livros médicos traduzidos no Brasil do inglês para o português.
Dentre as muitas dificuldades de tradução estão os falsos cognatos. O tradutor despreparado deixa-se levar pela semelhança gráfica e sônica da palavra nos dois idiomas, adapta morfologicamente o termo ao português, mantendo a acepção original do inglês e conferindo-lhe um significado inexistente em nosso idioma.[2]
Somando-se a isso os erros gramaticais e as impropriedades sintáticas fica fácil entender o aparecimento de um novo dialeto médico em formação, misto de português e inglês, que poderíamos chamar de PORTUGLÊS.
O fato é mais raro nas traduções literárias, porquanto nessa área os tradutores são mais bem preparados.
Vejamos alguns exemplos mais comuns de falsos cognatos da língua inglesa encontrados em traduções de textos médicos:

>> Actually - traduz-se por realmente e não atualmente
>> Application - inscrição, matrícula e não aplicação
>> College - Faculdade e não Colégio
>> Paper - trabalho publicado e não papel
>> Parents - pais e não parentes
>> Policy - política, programa e não polícia
>> Realise (v.) - perceber, compreender e não realizar
>> Resume (v.) - retomar, reassumir e não resumir


Nome: Bianca Silva Macedo Nº: 06
Turma: 3001

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comments